Um Passeio pelos Parques de Curitiba – PR

Curitiba é conhecida pelos seus muitos parques e áreas verdes e nós não poderíamos começar nosso passeio por outro lugar… o Jardim Botânico, um dos lugares mais visitados e fotografados.

Apesar de já ser outono, o dia estava ensolarado e muito quente, mesmo assim o parque estava cheio de pessoas caminhando, praticando Yoga, fazendo ensaios fotográficos e “turistando” como nós. Sim, o parque foi invadido por câmeras e celulares, prontos pra mais um clique ou uma selfie 😉

Jardim Botânico

Jardim Botânico

O Jardim Botânico foi inaugurado em 1991, com uma área de 245 mil m². Seus jardins geométricos, a entrada florida e a estufa de três abóbadas, tornaram-se um dos principais cartões postais de Curitiba.

Jardim Botânico

Jardim Botânico

A estufa de ferro e vidro foi construída com inspiração no Palácio de Cristal de Londres. Em seu interior, há exemplares de plantas de regiões tropicais, uma pequena nascente e esculturas. A estufa pode ser vista logo da entrada principal do parque e definitivamente é o ponto central do Jardim Botânico.

O Jardim Botânico conta ainda com o Museu Botânico Municipal, auditório, salão de exposições, trilhas, bosque de araucárias, lago, quadras esportivas e um velódromo.

O Jardim das Sensações, que tem como objetivo despertar os sentidos do olfato e do tato, sem o uso da visão, infelizmente estava fechada para visitação nesta manhã.

No salão de exposições estava acontecendo uma exposição de orquídeas e plantas ornamentais, com várias espécies a venda.

 *** Jardim Botânico
Acesso pela Rua Engenheiro Ostoja Roguski – Jardim Botânico – Curitiba
http://jardimbotanicocuritiba.com.br

Distante, porém não menos famosa, fomos em busca do Parque das Pedreiras, onde esta a Ópera de Arame, considerada uma das Sete Maravilhas do Brasil.

A Ópera de Arame é uma casa de shows que acolhe todo tipo de espetáculo, do popular ao clássico, com capacidade para 2.920 pessoas.

A visão logo da entrada é espetacular, confesso que a ponte de acesso, que dá para ver o lago abaixo enquanto você caminha, dá uma sensação bem estranha. Mesmo assim o cenário é perfeito, o teatro/casa de shows com estrutura tubular e teto transparente, é certamente um dos símbolos de Curitiba.

O entorno da Ópera de Arame contribui para seu encanto, pois no local, funcionava uma antiga pedreira, onde hoje podemos apreciar ainda muito verde e o lago.

*** Ópera de Arame
Localizado na rua João Gava, 970 – Abranches – Curitiba
http://www.curitiba-parana.net/opera-arame.htm

Nossa próxima parada foi no Parque Tanguá, inaugurado em novembro de 1996, representa mais uma etapa do projeto de preservação do curso do rio Barigui, juntamente com os parques Tingui e Barigui.

Na parte de cima do parque, fica um mirante de onde se tem a visão da parte de baixo do parque e do bosque de araucárias. Ali também há um grande jardim em estilo francês com canteiros de flores e espelhos d’água em homenagem a Poty Lazzarotto, uma pequena lanchonete, banheiros e uma lojinha de souvenirs.

O parque é muito grande e menos movimentado que os demais locais que visitamos, ideal para você curtir uma tarde tranquila 😉

Não chegamos a visitar a parte de baixo do parque, onde fica o túnel de 45 metros de extensão que liga as duas pedreiras e pode ser atravessado a pé, por uma passarela sobre a água. Tínhamos mais alguns lugares que queríamos visitar…

*** Parque Tanguá
Localizado na Rua Oswaldo Maciel, 0 – Pilarzinho – Curitiba
http://www.curitiba-parana.net/parques/tangua.htm

Assim seguimos em direção do Bosque do Alemão, que foi inaugurado em 1996 e homenageia a cultura e as tradições que os imigrantes alemães trouxeram para Curitiba. O bosque ocupa 40 mil m² de área no bairro Vista Alegre e fazia parte da antiga chácara da família Schaffer.

Estacionamos na parte de cima do bosque e nossa visita teve início pelo Oratório Bach, uma réplica de uma igreja presbiteriana em estilo neogótico, com uma sala usada para concertos e exposições.

Ali também há uma lanchonete com várias mesas ao ar livre, onde se pode apreciar o lindo visual e provar doces da culinária alemã.

A caminhada segue por uma passarela de madeira, que conduz até a Torre dos Filósofos, com 15m erguida em troncos de eucalipto. Descendo a torre, chegamos ao Caminho dos Contos.

O Caminho dos Contos é uma trilha no meio do bosque, com vários painéis de azulejo que contam a história de “João e Maria” dos irmãos Grimm.

No meio do caminho tem uma biblioteca infantil, chamada de a Casa da Bruxa ou Casa dos Contos, onde ocorre contação de histórias para crianças. A casa já estava ficando chei,a porque a próxima contação estava prestes a começar.

Ao final da trilha, chegamos ao pórtico que reconstitui a fachada da Casa Milla. Uma construção do início do século que ficava na Rua Barão do Serro Azul e representa um dos principais exemplares da arquitetura da imigração alemã. A varanda utilizada na réplica é a original.

Bosque-do-Alemão-(45)

Depois é só recuperar o fôlego e fazer o caminho de volta, o bom é deixar para fazer uma parada na lanchonete e provar um doce no final da visita 😉

*** Bosque do Alemão
Localizado na rua Niccolo Paganini – Vista Alegre – Curitiba
http://www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudo/bosque-alemao/1099

E por último, deixamos para conhecer o Passeio Público, que fica no centro da cidade e próximo de onde estávamos hospedados.

Bem diferente dos outros parques que visitamos, o Passeio Público, foi o primeiro parque e também a primeira obra de saneamento de Curitiba, inaugurado em 1886.

Ali funcionava o zoológico municipal, que hoje se localiza no Parque Iguaçu. Alguns pequenos animais e aves ainda permanecem no Passeio Público, para alegria das crianças.

O seu portão principal é uma réplica do que existe no Cemitério dos Cães de Paris e foi inaugurado em outubro de 1915.

*** Passeio Público
Localizado na Rua Luiz Leão – Centro – Curitiba
http://www.turismo.curitiba.pr.gov.br/conteudo/passeio-publico/1617

CidadeCuritiba - PRSerras
2897 Visualizações



Comentários (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Centro Histórico de São Francisco do Sul – SC

Curitiba é conhecida pelos seus muitos parques e áreas verdes e nós não poderíamos começar nosso pass...

Casa de Anita

Anita Garibaldi e Centro Histórico – Laguna – SC

Curitiba é conhecida pelos seus muitos parques e áreas verdes e nós não poderíamos começar nosso pass...

Cataratas do Iguaçu, um espetáculo da natureza – Foz do Iguaçu – PR

Curitiba é conhecida pelos seus muitos parques e áreas verdes e nós não poderíamos começar nosso pass...

Pomerode – SC

Curitiba é conhecida pelos seus muitos parques e áreas verdes e nós não poderíamos começar nosso pass...

Bom Jardim da Serra e Serra do Rio do Rastro – SC

Curitiba é conhecida pelos seus muitos parques e áreas verdes e nós não poderíamos começar nosso pass...